---------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------

Confira fotos e entrevistas das atrizes Evanna Lynch e Scarlett Byrne em uma visita ao O Mundo Mágico de Harry Potter


A atriz Evanna Lynch (Luna Lovegood) foi visitar recentemente o parque temático de Harry Potter, O Mundo Mágico de Harry Potter, acompanhada de sua colega de trabalho Scarlett Byrne que interpreta Pansy Parkinson desde O Enigma do Príncipe


As duas exploraram o parque, ambas pela segunda vez, e aproveitaram para pousar para os fotógrafos usando os óculos que Evanna usou para interpretar seu personagem no sexto filme da série.


Confira as fotos em alta-resolução:





Elas também responderam  algumas perguntas numa rápida entrevista sobre a série e seus futuros. Confira: 
Entrevista de Evanna Lynch e Scarlett Byrne
tradução: Renato Delgado (via ScarPotter)

E o futuro? Tem esperança de que a história continue? Já fez alguma pressão em Jo Rowling?
Evanna Lynch: Não sei. Na premiere, ela meio que ficou esgotada e disse: "Ah diabos, vou escrever MAIS UM!". Ela não quis dizer isso. Foi brincadeira. Ela tem falado que este foi o final.

Não sei onde ela iria, porque a história de Harry Potter é um período muito importante da história da magia. É a Batalha Final na história dos bruxos. A história de mais ninguém seria tão extraordinária. Teremos que imaginar o que vai acontecer às outras crianças. Acho que ela vai deixar quieto. Mas eu AMARIA uma série spinoff sobre a Luna [spinoff é algo que deriva de outro, não exatamente uma sequência, mas um foco diferente dada à história]. Mas não a vejo fazendo isso. Você vê?

Scarlett Byrne: Tudo tem sido tão esgotante que ainda não tive tempo de pensar nisso. Tem sido extraordinário vir aqui, conhecer os fãs mais apaixonados e perceber que este trabalho que fizemos significa tudo para eles. Na exibição daqui, à meia-noite, nunca experimentei nada como aquilo na minha vida. É tão especial. Mas veremos.

Evanna: Jornalistas ficam dizendo "Este é o FINAL.". Como se estivesse de fato acabado. Mas não acabou. Porque fiz tantos amigos através de Harry Potter. Sou uma fã, uma geek. Provavelmente estaria aqui se não estivesse nos filmes. Estou curtindo essa convenção porque faz aparecer meu geek interior, aquele que pretendo não ser. É quem fui por todos aqueles anos em que fingia ser, de fato, escolhida para os filmes antes mesmo de ter tentado.

Não sinto que vá haver um desfecho brusco. Sinto que esta é a dimensão. Está em voga no momento. Mas todos amam tanto que não dá para cortar essa parte da vida.
Scarlett: Não é o final, porque o filme ainda vai sair em DVD e vai haver mais atenção. E esse parque temático é bem legal, então vai manter vivo.
Evanna: Há uma exibição passando por uns lugares, também.

O que vocês acham d'O Mundo Mágico de Harry Potter?
Scarlett: Parece o set. E como o vimos à noite, parece mais ainda com o verdadeiro.
Evanna: Os sets estão todos em partes diferentes de um depósito imenso. Os melhores sets somente têm três muros neles. Então não parece tão igual quanto eles. Mas aqui tem-se a sensação maravilhosa de que você pode, de fato, entrar no castelo - em Hogwarts, ou andar pela loja de doces ou no Olivaras, na vila.
Scarlett: Pareceu muito autêntico.
Evanna: EXCETO pela temperatura.

Você compartilhou cenas com alguns dos melhores atores que já viveram. Há algo que você pegou dessas co-estrelas que vai te ajudar na sua carreira futura? Quem inspirou você?
Evanna: Amo Jason Isaacs e Mark Williams de verdade. AMO eles. São caras muito legais. Muito amigáveis. Sem nenhum ego sufocando. Estivemos na mesma sala de maquiagem todas as manhãs para as cenas da batalha de Hogwarts. Eu poderia estar quase dormindo, exausta, e eles estavam ANIMADOS e otimistas e engraçados. Eles eram bem-humorados e ativos e muito brincalhões. Eles iam ATUAR. Meus pais [, que são atores,] têm a mesma idade que eles e não estão mesmo assim. Eles são sérios, questionando a razão de o personagem fazer isso ou aquilo. Mas ver Jason e Mark irem com toda a vontade e brincar interpretando... BRINCAR... Eles cantam. Eles brincam com sotaques. Dão um ao outro um momento terrível. Porque não é divertido. Tenho viajado com eles em turnê para premieres e tal e aprendi muito sobre eles. Quando estávamos nos preparando para a premiere francesa, Mark estava cantando. Ele estava fazendo com que nos exercitássemos. "O que podemos CANTAR? Alguma coisa EM FRANCÊS!"

Foi o que aprendi deles. Ser brincalhão. Ser você mesma. Ser curiosa. Se divertir com isso.

Jason Isaacs me disse essa citação: "Perfeccionismo é o inimigo da criatividade." Isso é verdade. Você não pode se preocupar em acertar perfeitamente.

Scarlett: Assistir a todos atuando foi a melhor escola de atuação que alguém poderia querer. Foi tipo um playground imenso nos sets, e nos camarins você nunca viu pessoas tão felizes. Não importa o papel que elas tenham, todas parecem gratas por estarem ali. Cheguei no sexto filme e estava um pouco nervosa no começo. Mas eles me deram as boas vindas à família. Se nada mais acontecer, ainda assim terei essas experiências de vida maravilhosa para lembrar.

1 comentários:

Postar um comentário