---------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------

Emma Watson na edição de agosto da Teen Vogue

Emma Watson é capa da revista Teen Vogue, confira a capa abaixo:


No site da revista foi divulgado uma nota sobre a revista confira a abaixo:

Uma coisa sobre Emma Watson: Ela nunca foi presa. Não até onde todo mundo sabe, ela já fugiu, já foi expulsa do set de filmagens de um filme, ou liberou a raiva em um discurso no Twitter. Em normais circunstâncias, nada disso seria particularmente digno de atenção. Mas Emma, 23, não vive em normais circunstâncias em um bom tempo. Em vez disso, a atriz nascida em Paris e criada em Oxford é por si mesma uma Hollywoodiana com sucesso, e mais, ela é excessivamente famosa graças a uma decisão que ela tomou quando ela tinha apenas nove anos (e claro, a duzia de anos de trabalho duro que se seguiram).


“Eu acho, que de um jeito, eu era muito protetora durante Harry Potter, porque eu estava trabalhando o tempo todo” Emma se inspira, tomando um gole de chá. Vestida em um par de jeans escuros e duas camas de camisas de algodão, começou para que podessemos conduzir a entrevista para o seu quarto cover na Teen Vougue. “Eu poderia entrar no carro, ir para o estúdio e ir pra casa” ela diz.  Sempre que possível, ela continuou indo a escola e a sair com seus amigos de infância.

Como resultado, Emma explica, levou um longo e improvável tempo para ela entender o quão incomum sua existência iria se tornar. Ela não entendia até ela se matricular na Brown University, em 2009, ela captou a enormidade da sua reputação. “Isso soa estúpido ou completamente inacreditável, mas só ali eu me deu conta de que eu era famosa. Ainda tem dias em que eu lido horrivelmente com isso e tem dias que eu lido com isso muito bem”. Ela sentiu que tudo tinha virado de cabeça para baixo.
Isso lança ao seu último papel dentro da aguda realidade: Emma interpreta Nicki, uma faminta por fama. Baseada numa história real de um grupo obcecado de adolescentes ladrões que tinham como alvo os lares mais bem vestidos de Holywood, o filme, dirigido e escrito por Sofia Coppola, ofereceu a Emma a oportunidade de competir em uma tipo completamente diferente de personagem: uma amena vilã festeira que faria quase qualquer coisa para ter o gostinho da atenção que Emma vem lidando por mais de uma década. Também deu a ela a chance de ultrapassar a linha de se tornar eterna. “Vamos lá, vamos até a Paris. Eu quero roubar.”


Postar um comentário